Do que preciso para dançar ballet

By on 10-03-2017 in ballet, dança, saiba mais

Do que preciso para dançar ballet

Balé, um contato que se pode ter com a música, com a arte, com o próprio equilíbrio. Por falar nisso, haja equilíbrio, as formas acrobáticas do balé são bem precisas, assimétricas, precisa-se de muito treino para um bom desempenho, exige tempo, concentração, estudo do corpo; a dança expõe o melhor e o pior de cada pessoa, pontos fracos e fortes.

Por isso a insistência em desempenhar um bom papel, e cada vez mais mostrar a capacidade de evolução para sempre transmitir através da dança, a emoção, e o valor da obra em si.

O que é ballet?

O ballet não é considerado um ritmo agitado, sua leveza, trás a calma de uma atuação feita com o corpo, geralmente acompanhada de musica clássica, gostar desse gênero musical é importante, ou melhor, identificar-se com essa esfera, gostar de dançar, atuar, e se expressar.

A sensibilidade também conta muito, sinta e depois transmita, essa seria a ordem dos fatores para que tudo tenha um bom começo e um final espetaculoso; não há gênero masculino ou feminino, homens já quebraram muitos tabus, mas não todos,  e quanto a idade, quanto mais novinho melhor, a musculatura do corpo com a determinada idade se ajusta para movimento, tais como:

  • Seguir em pontas dos pés,

Um dos pontos mais marcantes do Ballet é se manter equilibrado na ponta dos pés, além do equilíbrio é preciso saber se manter em movimento e realizar todos os passos ensaiados.

Dessa forma, é preciso saber dominar as melhores técnicas para poder conseguir executar com perfeição todos os passos da coreografia.

  • Postura,

A postura é outro ponto que não podemos deixar de lado, isso porque quando falamos em Ballet é essencial manter a postura, os passos devem ser totalmente sincronizados e seguir a risca movimentos pré selecionados pelos coreógrafos.

  • Elegância,

Muito do charme do Ballet se deve a sua elegância, grande parte de sua elegância se deve a seu berço real, que exigia que todos os bailarinos se mantivessem em total altivez durante a realização dos espetáculos.

 

  • Coordenação motora,

A coordenação motora diz respeito a 80% do balé, os movimentos precisam ser muito precisos e estarem em total sincronia com os demais elementos em cena;

Isso tudo e muito mais faz parte do cenário e do dia a dia de quem dança balé…  E se dispuser aptidão, melhor ainda.

 

Quais os tipos de Ballet?

By on 10-03-2017 in ballet, dança, saiba mais

Quais os tipos de Ballet?

O Ballet é um dos estilos de dança mais conhecidos do mundo, isso se deve em grande parte a forma como ele permite que os dançarinos façam a representação, interpretação em forma de arte, do mundo.

Justamente por isso cada vez mais as técnicas de ballet foram se aperfeiçoando, porém apesar de todas as inovações que estilo de dança sofreu, ele ainda mantém suas características próprias;

Sendo o ballet uma das mais antigas e belas expressões artísticas, o estilo de dança surgiu ainda na antiguidade e desde então começou a se adaptar as novas necessidades expressionistas.

 

Mudanças no Estilo do Ballet

O ballet assim como praticamente todos os estilos de danças são derivados das necessidades de expressar a arte e as formas de comunicação das pessoas que vivem em sociedade, por muitos anos só se conhecia o Ballet clássico, advindo da cultura européia, que até hoje tem muita força no mundo das artes.

Contudo, com o decorrer dos tempos e com a criação de escolas mais liberais e dispostas a inovar no que diz respeito à dança, novos estilos de Ballet foram criados e adaptados para melhor se expressarem frente às novas realidades sociais.

O Ballet pode ser como um livro, tendo seu assunto e interpretação realizados por artistas, além disso, o ballet pode carregar consigo a pegada dos seus interpretes, sendo uma apresentação mais romântica ou até mesmo mais dramática.

Como em um teatro o Ballet teve sua importância e relevância nas Belas Artes e hoje pode ser visto até mesmo nos espetáculos mais populares.

 

Os tipos de ballet

Como falamos anteriormente o Ballet reflete tudo que seus personagens e interpretes estão dispostos a passar para o público, desta maneira existem várias formas para que o Ballet se apresente, sendo que as mais comuns são:

1 – Ballet Clássico

O ballet Clássico surgiu com as primeiras grandes manifestações artísticas, em seu inicio era muito vistos nas cortes reais e nos grandes centros de encontros onde a elite da sociedade cultivava as belas artes.

 

2 – Ballet Contemporâneo

O ballet Contemporâneo surgiu devido a necessidade de um nova roupagem que fugisse do classissismo original presente no século 18, o ballet contemporânio permite não só um rol muito maior de sons, mas também de movimentos.

 

3 – Ballet Romântico

O ballet romântico surgiu junto com o movimento Romântico literário, desde então encanta milhões de pessoas, com movimentos mais intimistas o ballet romântico tem um enredo um pouco maior e mais amplo, no que se refere a espaço de palco.

Quer saber tudo sobre ballet e dicas? Visite o Tutu da Ju.